Anúncios de sucesso: quais os 4 pilares que você deve saber para criá-los

Se você quer parar de criar anúncios medíocres, você deve dominar os 4 pilares que compõem um anúncio de sucesso – seja em QUALQUER plataforma. 

A mídia paga tornou-se uma das partes fundamentais de uma estratégia de marketing digital. Mas não é apenas abrir seu gerenciador, clicar no “criar” ou no “+” e montar uma campanha. 

Ao elaborar suas estratégias de mídia paga, você deve levar em consideração 4 pilares (segmentação, landing page de alta conversão, oferta sedutora e anúncios persuasivos) para que sua campanha tenha sucesso no mundo on-line. 

Vamos entender quais são cada um desses pilares?

1º Pilar: Segmentação

A segmentação é o público com características demográficas, comportamentais e de interesses que compõem o seu público-comprador e é  para quem você irá direcionar os seus esforços de marketing.

A grande sacada dos anúncios on-line, diferente dos off-line, é a capacidade de atingir o público certo no contexto certo. Com o grande volume de dados que deixamos quando navegamos, as empresas de mídia, a grosso modo, conseguem entender o comportamento do usuário na Internet. 

Dado a isso, além de poder atingir pessoas baseados em seus dados demográficos (sexo, idade, renda, cidade, etc…), podemos atingir a nossa audiência baseada em seus comportamentos e interesses. 

Estratégias para uma boa segmentação

A primeira estratégia para ter uma alta segmentação é traçar o perfil do público comprador. Hora de montar uma pesquisa no Google Forms e mandar para a clientela ou perguntar diretamente na hora da compra. É muito importante que na hora de elaborar o perfil, você tenha dados concretos. Nada de achismos, hein!

A segunda estratégia, boa para negócios locais, é anunciar na sua região e depois ir aumentando o raio, para conquistar novos públicos. Esse plano é chamado de círculos concêntricos e a primeira vez que eu ouvi falar sobre ela foi em um vídeo do Tiago Tessmann –  aliás, eu aprendi esses 4 pilares assistindo aos vídeos do Tiago em seu canal do YouTube (inclusive, recomendo muito o podcast extremo).

E a terceira, dentre inúmeras, é traçar o perfil das pessoas que os anúncios não podem aparecer. Isso mesmo, tão importante determinar quem é o seu público, é determinar quem não é. 

2º Pilar: oferta sedutora

Essa estratégia está mais voltada para o marketing da empresa. Por que o bem de consumo que você está anunciando é melhor que o do concorrente? 

Fortemente ligado ao primeiro pilar, a oferta só é sedutora quando ela soluciona um problema específico da sua audiência. Também está fortemente ligado ao posicionamento da sua marca perante ao mercado. 

Por exemplo, duas empresas podem vender o mesmo produto, mas, devido ao seu posicionamento, podem vender para públicos completamente diferentes. 

3º Pilar: Landing Page de Alta Conversão

Primeiramente, landing pages nada mais são que páginas voltadas para conversões, ou seja, para uma ação pré-determinada.  

Então, nesta lógica, landing pages de alta conversão são páginas em que a maioria dos usuários fazem aquilo que você determinou. Exemplo prático: L.P. oferecendo um e-book –  a maioria das pessoas que visitaram essa página baixaram o arquivo. 

Isso acontece porque a experiência da página (texto, cores, disposição dos elementos de layout, etc) é extremamente persuasiva, fazendo com que as pessoas façam o que está sendo pedido. 

Portanto, ao criar uma landing page tenha dois objetivos em mente:

  • Garantir a melhor experiência: é frustrante entrar em uma página e não encontrar o que foi prometido.
  • Quebrar todas suas objeções antes dele tomar a ação: se a sua página quebra com todas as objeções que o usuário teria, antes de tomar determinada ação, a conversão acontece de maneira natural.

4º Pilar: Anúncios persuasivos

De acordo com o Michaelis On-lIne, persuadir, no geral, significa “levar (alguém ou a si próprio) a crer ou aceitar; convencer(-se)” e “mostrar a necessidade ou conveniência de; aconselhar, apontar, indicar”. Ou seja, ao contrário da má-fama, persuadir não é enganar ou mentir, mas sim, convencer por meio de argumentos verdadeiros, sobre um fato.  

Então, um anúncio persuasivo nada mais é do que um anúncio que mostra o porquê daquela solução ser a melhor para o seu problema. Para isso é importante que você saiba para quem você quer vender e qual a sua oferta sedutora. 

No mundo on-line, você tem poucos segundos para que o segundo anúncio, argumento, convença que a solução ali ofertada é melhor que a do concorrente. 

Conclusão

Por fim, para ter sucesso com mídia paga, é importante entender profundamente todos esses pilares. Se você tiver bem definido para quem quer vender, propor a melhor oferta para essa audiência, comunicar isso nos anúncios e levar o público para uma página que tire todas suas dúvidas, você vai ter muito mais resultados com mídia on-line paga. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *